Segundo relatório da Ebit, a Black Friday é a data com maior número de vendas on-line no Brasil, superando até mesmo o Natal.  Nas lojas físicas, esta é a 2ª melhor data do ano para as empresas. E qual é o motivo por tanto alvoroço das empresas e dos consumidores? Uma palavra mágica: DESCONTO!

Ainda, a Ebit, empresa mais confiável em análise de dados e geração de relatórios do comércio eletrônico brasileiro, 88,6% das pessoas que compram pela internet, têm intenção de comprar na Black Friday. E mais, segundo dados divulgados no portal Valor Econômico, em 2017, a Black Friday gerou uma receita R$ 2,1 bilhões, no Brasil.

No Brasil, a Black Friday começou no ano de 2010 e embora tenha sido taxada como “black fraude” por conta de algumas empresas que aumentavam o preço dos produtos e abaixavam na sequência para simular um desconto sobre um preço mais alto. Ao longo dos anos, tanto empresas e consumidores aprenderam com a data e hoje os clientes costumam pesquisar e conseguem facilmente identificar promoções fraudulentas durante a Black Friday.

Com o passar dos anos, empresas que agiam de forma fraudulenta perderam espaço e as empresas que oferecem descontos reais ganharam espaço e hoje a Black Friday é um sucesso no Brasil.

A seguir, confira 10 dicas importantes para aproveitar a Black Friday elaboradas por Helton Magalhães da Cruz, professor e consultor de marketing digital e fundador da Academia Digital:

1 – Antecipe suas compras de Natal: faça uma lista de todos os presentes de natal que você precisa comprar e aproveite para antecipá-los e economizar.

2 – Fuja de falsos descontos: Pesquise o preço normal do produto antes da Black Friday para que você consiga aproveitar as melhores ofertas e não ser enganado por falsos descontos. Compare os Preços em diversas empresas.

3 – Chegue na frente: Cadastre-se no site das lojas virtuais que mais gosta. Desta forma, você provavelmente receberá um e-mail no dia da Black Friday com as ofertas desta empresa. Cadastre-se também no site www.blackfriday.com.br para receber mais ofertas. Seja rápido, pois, as melhores ofertas podem encerrar rápido.

4 – Cheque a reputação da loja virtual: Faça uma pesquisa no site Reclame Aqui (www.reclameaqui.com.br) para identificar se a empresa que deseja realizar a compra tem uma boa reputação e/ou se resolve as reclamações apresentadas. No site do Procon-SP é possível encontrar uma lista com sites não é recomendados para realizar compras.

5 – Proteja sua compra: Compre apenas em sites com certificado de segurança SSL, ou seja, que apresentem urls criptografadas. Estes sites são mais protegidos contra hackers e tratam com mais segurança os dados das transações bancárias, tornando a compra mais segura. Sites criptografados, ao invés de ter na URL a sigla “http” utilizam a sigla “https”. Exemplo: https://www.cursomarketingdigitalavancado.com/. Além disso, sites que apresentem o selo Ebit e Site Blindado possuem uma garantia adicional de segurança. Realize transações online apenas a partir do seu computador. Não é recomendável utilizar seu cartão de crédito em computadores públicos ou de outras pessoas. Afinal, caso esteje computador esteja com vírus, seus dados podem ser roubados.

6 – Proteja seu bolso: Antes de comprar pergunte a você mesmo o que realmente precisa. Fazer uma lista do que você realmente precisa compras evita compras por impulso e arrependimentos posteriores. Analise seu saldo bancário, as contas previstas e seus rendimentos para os próximos 4 meses. Elabore uma planilha e entenda o quanto realmente pode gastar para evitar estourar seu orçamento, com essas informações elabore um orçamento máximo para Black Friday e não extrapole.

7 – Faça a escolha certa: Esclareça todas suas dúvidas antes de comprar. Pesquise sobre cores, tamanhos, funcionalidades e aproveite os dias que antecedem à Black Friday para esclarecer todas as suas dúvidas sobre os produtos nos canais de atendimento ao consumidor da empresa como Facebook, Instagram, WhatsApp, Telefone, Email.

8 – Fique de olho na entrega: Ficar atento ao prazo de entrega pode evitar um estresse após o período de euforia da Black Friday, principalmente, caso você tenha expectativa de receber o produto rapidamente. Como o movimento nas lojas virtuais são maiores que a média anual nesse período, pode ser que o seu produto demore um pouco mais do que o normal.

9 – Para o arrependimento não matar: A Lei da desistência aplica-se a todas compras feitas pela internet, com exceção de passagens aéreas. De acordo com ela, você pode desistir da compra e ser ressarcido do valor integral da compra (incluindo custos com a logística reversa) caso desista do produto em um prazo de 7 dias. No entanto, para ser recebido de volta pelo fabricante o produto precisa estar intacto.

10 – Para aproveitar a Black Friday no mundo real: Caso você prefira comprar em uma loja física, pesquise horário de funcionamento com antecedência. Algumas lojas abrem na madrugada por conta da Black Friday. Logo, caso você chegue muito tarde pode perder as melhores ofertas.


WhatsApp Image 2018-11-15 at 15.52.24
Artigo elaborado por Helton Magalhães da Cruz, professor e consultor de marketing digital e fundador da Academia Digital

 

 

 

Publicado por Comando News

Consultoria em comunicação promove ações de relacionamento para fortalecimento de imagem institucional por meio de assessoria de imprensa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: